segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

As apresentações de OBSTRUÇÃO de Dimitris Dimitriadis no Teatro da Politécnica estão suspensas. Assim que pudermos retomar, avisamos! A 20 de Janeiro apresentamos A CORAGEM DA MINHA MÃE de George Tabori em Faro, no Teatro das Figuras. E a 9 de Fevereiro acolhemos OUVIDOR GERAL de Miguel Castro Caldas, com encenação de Manuel Wiborg. Aos domingos, com a Fundação D. Luís I, lemos Nuno Júdice, EM VOZ ALTA, até 27 de Fevereiro. E estamos ainda a aceitar assinaturas para os Livrinhos de Teatro de 2022, já renovou a sua?

 


Estão suspensas as apresentações de OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis,
porque um dos elementos da equipa testou positivo à Covid-19.
Assim que pudermos retomar, avisamos. Até já!

________________________________________________________________


OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André Loubet, Diogo Freitas, Simon FrankelPedro Caeiro, Pedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



A CORAGEM DA MINHA MÃE de George Tabori Tradução Antonio Conde Com Pedro Carraca, Antónia Terrinha, Hélder Braz e vozes de Carla Bolito, Américo Silva, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Nuno Gonçalo Rodrigues, Pedro Caeiro e Tiago Matias Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Som André Pires Encenação Jorge Silva Melo M12

Em Faro, no Teatro das Figuras a 20 de Janeiro

Oficial Alemão
 Eu, pessoalmente, sou vegetariano. É extraordinário, mas só de imaginar comer carne morta, repugna-me.

George Tabori, A Coragem da Minha Mãe

A improvável salvação da mãe de Tabori, por ele contada, aquando da deportação de 4.000 judeus de Budapeste para Auschwitz em Julho de 1944.

Fotografia © Jorge Gonçalves



OUVIDOR GERAL de Miguel Castro Caldas Com Manuel Wiborg, Cenografia Ana Tomé Figurinos Lucha D`Orey, Música Adriano Sérgio Sonoplastia André Pires Luz Cárin Geada Assitência João Pedro Mamede Encenação Manuel Wiborg Produção Manuel Wiborg /Teatro do Interior Parceiro Institucional Fundo de Fomento Cultural

No Teatro da Politécnica de 9 a 19 de Fevereiro
3ª a Sáb às 19h00

Nos documentos, há um Fernão Lopes que não é o Cronista. Viveu um século depois, partiu em 1506 para a Índia com Afonso de Albuquerque. Foi, ao longo da vida, escudeiro, católico, depois traidor, renegado, mercenário, muçulmano. Ao contrário do seu homónimo, nunca escreveu uma palavra. Viveu os seus últimos vinte e tal anos exilado na pedregosa ilha de Santa Helena, como Napoleão trezentos anos depois. Completamente sozinho, olhava para o que via de si mesmo - as suas mãos -  só que não tinha mãos. Mesmo assim, sem mãos nem orelhas nem nariz, mas com as sementes que os barcos deixavam quando ali faziam aguada, transformou a ilha num jardim globalizado.

Miguel Castro Caldas



EM VOZ ALTA os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

 9 de Janeiro a 27 de Fevereiro de 2022 – Nuno Júdice (ao Domingo)


Os Artistas Unidos retomam as leituras EM VOZ ALTA, os Nossos Poetas em parceria com a Fundação D. Luís I e a Câmara Municipal de Cascais. Os actores 
Catarina Wallenstein, João Meireles, Lia Gama, Luís Lucas, Manuel WiborgMaria João Luís, Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo lêem poetas portugueses Em Voz Alta. Os recitais são disponibilizados através das páginas de Facebook do Bairro dos Museus e da Fundação D. Luís e do canal de Youtube da Fundação D. Luís I.



Assinaturas Livrinhos de Teatro 2022

E voltamos. Em 2022, vamos publicar mais  10 volumes dos Livrinhos. Estamos a ver se conseguimos mais um para oferta aos assinantes como já fizemos com Enda Walsh e Thornton Wilder...

Não quer assinar? Não renova a assinatura?
São 55 euros pelos 10 envios (quatro remessas durante o ano). 

E, se preferir levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano.

Pode assinar
 aqui.
Mais informações
asimao@artistasunidos.pt 

A sair em 2022

JANEIRO
Nº 153 - Dimítris Dimitriádis – Obstrução e Outras peças
Nº 154 - Matías Feldman – Reflexos Breve Relato Dominical

MARÇO
Nº 155 -Ödön Von Horváth – O Dia do Juizo / Para Cá e Para Lá
Nº 156 - Keiran Hurley Gary McNair - Taco a Taco (oferta assinantes)
Nº 157 - Tennessee Williams – Comboio Madrugada

MAIO
Nº 158 – Silly Season - Prado de Fundo / Dols / Folle  Epoque
Nº 159 – André Murraças – Cabaret Repórter X
Nº 160 – Ricardo Neves-Neves – A Reconquista de Olivença

SETEMBRO
Nº 161 – Béla Pintér Os nossos segredos / A rainha dos Bolos
Nº 162 – Jon Fosse – Vento Forte
Nº 163 – Arne Lygre – Proximidade


segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Estreamos amanhã OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis no Teatro da Politécnica! Também amanhã, às 19h00 na Antena 2, poderá ouvir BÚFALOS de Pau Miró. No dia 20 estaremos em Faro, no Teatro das Figuras, com A CORAGEM DA MINHA MÃE de George Tabori. Até dia 27 de Fevereiro, lemos Nuno Júdice EM VOZ ALTA, aos domingos nas redes sociais da Fundação D. Luís I. Temos novas edições disponíveis na nossa livraria online. E ainda pode fazer a sua assinatura dos Livrinhos de Teatro 2022.

 


OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André LoubetDiogo Freitas, Simon Frankel, Pedro CaeiroPedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



BÚFALOS de Pau Miró

Tradução Joana Frazão Com Nídia Roque,  António Simão, Pedro Carraca, Inês Pereira e João Meireles.
Direcção Jorge Silva Melo

Na Antena 2, a 11 de Janeiro às 19h00

Uma fábula contemporânea. Recorrrendo a imagens de animais, na grande tradição de Esopo, Pau Miró volta a falar do esvaziamento do seu bairro em Barcelona, da especulação, do isolamento, da desolação juvenil.



A CORAGEM DA MINHA MÃE de George Tabori Tradução Antonio Conde Com Pedro Carraca, Antónia Terrinha, Hélder Braz e vozes de Carla Bolito, Américo Silva, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Nuno Gonçalo Rodrigues, Pedro Caeiro Tiago Matias Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Som André Pires Encenação Jorge Silva Melo M12

Em Faro, no Teatro das Figuras a 20 de Janeiro

Oficial Alemão
 Eu, pessoalmente, sou vegetariano. É extraordinário, mas só de imaginar comer carne morta, repugna-me.

George Tabori, A Coragem da Minha Mãe

A improvável salvação da mãe de Tabori, por ele contada, aquando da deportação de 4.000 judeus de Budapeste para Auschwitz em Julho de 1944.

Fotografia © Jorge Gonçalves



EM VOZ ALTA os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

 9 de Janeiro a 27 de Fevereiro de 2022 – Nuno Júdice (ao Domingo)


Os Artistas Unidos retomam as leituras EM VOZ ALTA, os Nossos Poetas em parceria com a Fundação D. Luís I e a Câmara Municipal de Cascais. Os actores
 Catarina Wallenstein, João Meireles, Lia Gama, Luís Lucas, Manuel Wiborg, Maria João Luís, Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo lêem poetas portugueses Em Voz Alta. Os recitais são disponibilizados através das páginas de Facebook do Bairro dos Museus e da Fundação D. Luís e do canal de Youtube da Fundação D. Luís I.




Venha ver as novidades na nossa Livraria online!

Lançámos 3 novos Livrinhos de Teatro

Retábulo de Dom Cristóvão de Frederico García Lorca
Casa da América / Na Crista do Urso de Ed Thomas
- Obstrução e outras peças 
de Dimítris Dimitriádis




Assinaturas Livrinhos de Teatro 2022

E voltamos. Em 2022, vamos publicar mais  10 volumes dos Livrinhos. Estamos a ver se conseguimos mais um para oferta aos assinantes como já fizemos com Enda Walsh e Thornton Wilder...

Não quer assinar? Não renova a assinatura?
São 55 euros pelos 10 envios (quatro remessas durante o ano). 

E, se preferir levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano.

Pode assinar
 aqui.
Mais informações:
 asimao@artistasunidos.pt 

A sair em 2022

JANEIRO
Nº 153 - Dimítris Dimitriádis – Obstrução e Outras peças
Nº 154 - Matías Feldman – Reflexos Breve Relato Dominical

MARÇO
Nº 155 -Ödön Von Horváth – O Dia do Juizo / Para Cá e Para Lá
Nº 156 - Keiran Hurley Gary McNair - Taco a Taco (oferta assinantes)
Nº 157 - Tennessee Williams – Comboio Madrugada

MAIO
Nº 158 – Silly Season - Prado de Fundo / Dols / Folle  Epoque
Nº 159 – André Murraças – Cabaret Repórter X
Nº 160 – Ricardo Neves-Neves – A Reconquista de Olivença

SETEMBRO
Nº 161 – Béla Pintér – Os nossos segredos / A rainha dos Bolos
Nº 162 – Jon Fosse – Vento Forte
Nº 163 – Arne Lygre – Proximidade

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

E é já para a semana que estreamos OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis, na 3ª 11 de Janeiro no Teatro da Politécnica. Também no dia 11 poderá ouvir BÚFALOS de Pau Miró na Antena 2 às 19h00. E entre 9 de Janeiro e 27 de Fevereiro lemos Nuno Júdice EM VOZ ALTA nas redes sociais da Fundação D. Luís, todos os domingos.

 


OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André Loubet, Diogo Freitas, Simon Frankel, Pedro Caeiro, Pedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



BÚFALOS de Pau Miró

Tradução Joana Frazão Com Nídia Roque,  António Simão, Pedro Carraca, Inês Pereira e João Meireles.
Direcção Jorge Silva Melo

Na Antena 2, a 11 de Janeiro às 19h00

Uma fábula contemporânea. Recorrrendo a imagens de animais, na grande tradição de Esopo, Pau Miró volta a falar do esvaziamento do seu bairro em Barcelona, da especulação, do isolamento, da desolação juvenil.



EM VOZ ALTA os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

 9 de Janeiro a 27 de Fevereiro de 2022 – Nuno Júdice (ao Domingo)


Os Artistas Unidos retomam as leituras EM VOZ ALTA, os Nossos Poetas em parceria com a Fundação D. Luís I e a Câmara Municipal de Cascais. Os actores
 Catarina Wallenstein, João Meireles, Lia Gama, Luís Lucas, Manuel Wiborg, Maria João Luís, Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo lêem poetas portugueses Em Voz Alta. Os recitais são disponibilizados através das páginas de Facebook do Bairro dos Museus e da Fundação D. Luís e do canal de Youtube da Fundação D. Luís I.



segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

Daqui a dias estreamos OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis. Na 3ª 11 de Janeiro, no Teatro da Politécnica. E até ao final do mês ainda pode fazer a sua assinatura dos Livrinhos de Teatro para 2022!

 


OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André Loubet, Diogo Freitas, Simon Frankel, Pedro Caeiro, Pedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



Assinaturas Livrinhos de Teatro 2022

E voltamos. Em 2022, vamos publicar mais  10 volumes dos Livrinhos. Estamos a ver se conseguimos mais um para oferta aos assinantes como já fizemos com Enda Walsh e Thornton Wilder...

Não quer assinar? Não renova a assinatura?
São 55 euros pelos 10 envios (quatro remessas durante o ano). 

E, se preferir levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano.

Pode assinar
 aqui.
Mais informações:
 asimao@artistasunidos.pt 

A sair em 2022

JANEIRO
Nº 153 - Dimítris Dimitriádis - Obstrução e Outras peças
Nº 154 - Matías Feldman – Reflexos Breve Relato Dominical

MARÇO
Nº 155 -Ödön Von Horváth O Dia do Juizo / Para Cá e Para Lá
Nº 156 - Keiran Hurley Gary McNair - Taco a Taco (oferta assinantes)
Nº 157 - Tennessee Williams – Comboio Madrugada

MAIO
Nº 158 - André Murraças – Cabaret Reporter X
Nº 159 - Ricardo Neves-Neves – A Reconquista de Olivença
Nº 160 - Béla Pintér - Os nossos segredos / A rainha dos Bolos

... e haverá mais três por Setembro...


segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Os Artistas Unidos desejam-lhe Boas Festas e um Feliz Ano Novo! E enquanto não chega a 3a, 11 de Janeiro, dia em que estreia de OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis, pode ouvir O.I.H., do mesmo autor, na Antena 2, Teatro Sem Fios, na 3ª 28 de Dezembro. E quer melhor presente do que uma assinatura para os Livrinhos de Teatro de 2022?

 


OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André Loubet, Diogo Freitas, Simon Frankel, Pedro Caeiro, Pedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



O.I.H. de Dimítris Dimitriádis

Tradução José António Costa Ideias Com Jorge Silva MeloPedro Caeiro, Catarina Wallenstein.
Direcção Jorge Silva Melo

Na Antena 2, a 28 de Dezembro às 19h00

Voltar a Ítaca? Dimítris Dimitriádis propõe três longos discursos em que voltamos a encontrar Odissseus, Ítaca e o próprio Homero. Mas agora nem o cão reconhece Ulisses. Estamos numa ilha devastada, terra de ninguém, estamos irremediavelmente sós.



Assinaturas Livrinhos de Teatro 2022

E voltamos. Em 2022, vamos publicar mais  10 volumes dos Livrinhos. Estamos a ver se conseguimos mais um para oferta aos assinantes como já fizemos com Enda Walsh e Thornton Wilder...

Não quer assinar? Não renova a assinatura?
São 55 euros pelos 10 envios (quatro remessas durante o ano). 

E, se preferir levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano.

Pode assinar
 aqui.
Mais informações:
 asimao@artistasunidos.pt 

A sair em 2022

JANEIRO
Nº 153 - Dimítris Dimitriádis - Obstrução e Outras peças
Nº 154 - Matías Feldman – Reflexos Breve Relato Dominical

MARÇO
Nº 155 -Ödön Von Horváth O Dia do Juizo / Para Cá e Para Lá
Nº 156 - Keiran Hurley Gary McNair - Taco a Taco (oferta assinantes)
Nº 157 - Tennessee Williams – Comboio Madrugada

MAIO
Nº 158 - André Murraças – Cabaret Reporter X
Nº 159 - Ricardo Neves-Neves – A Reconquista de Olivença
Nº 160 - Béla Pintér - Os nossos segredos / A rainha dos Bolos

... e haverá mais três por Setembro...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

E está quase a terminar a carreira de LUA AMARELA de David Greig. Só até este sábado, 18 de Dezembro, no Teatro da Politécnica. E em 11 de Janeiro voltamos a Dimítris Dimitriádis com OBSTRUÇÃO. As assinaturas para os Livrinhos de Teatro de 2022 estão quase a fechar, já assinou? No Algarve, poderá ver vários filmes documentais de Jorge Silva Melo.

 


LUA AMARELA de David Greig Tradução Pedro Marques Com Gonçalo Norton, Rita Rocha Silva, Paulo Pinto e Inês Pereira Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Banda Sonora Rui Rebelo Assistente Pedro Cruzeiro Encenação Pedro Carraca M16

No Teatro da Politécnica de 10 de Novembro a 18 de Dezembro
3ª a Sáb. às 19h00

A polícia conhece-o, a segurança social, as crianças, o professor dos ATL da escola, o pessoal auxiliar, o médico, o conselho comunitário e os jovens trabalhadores do clube juvenil da Igreja, toda a gente conhece o Macho Lee.

David Greig, Lua Amarela

São dois adolescentes em fuga. Ela, Leila, é uma garota introvertida apaixonada por revistas de celebridades, ele o mais morto dos rapazes, sem  qualquer saída, numa cidade sem saída. E é uma balada, a balada de Lee e Leila.

Fotografia © Jorge Gonçalves



OBSTRUÇÃO de Dimítris Dimitriádis Tradução José António Costa Ideias Com André Loubet, Diogo Freitas, Simon Frankel, Pedro Caeiro, Pedro Lacerda Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistente Nuno Gonçalo Rodrigues Encenação Jorge Silva Melo M16

No Teatro da Politécnica de 11 a 29 de Janeiro
3ª a Sáb. às 19h00

NARCISO É isto que sou / Um não / Um só não

Dimitris Dimitriadis, Obstrução

São pequeníssimos textos – escritos por Dimítris Dimitriádis, autor imprescindível para nós – a partir de mitos gregos. Mas aquilo que ele quer não é voltar a falar do passado, é questionar o presente: quem é agora Narciso? Quem é agora Tântalo? Que desejo (porque é disso que se trata), se imiscui no meio destas personagens desabrigadas, nuas, tristes?

Um espectáculo experimental com os textos inéditos de Dimítris Dimitriádis.

Fotografia © Jorge Gonçalves



Assinaturas Livrinhos de Teatro 2022

E voltamos. Em 2022, vamos publicar mais  10 volumes dos Livrinhos. Estamos a ver se conseguimos mais um para oferta aos assinantes como já fizemos com Enda Walsh e Thornton Wilder...

Não quer assinar? Não renova a assinatura?
São 55 euros pelos 10 envios (quatro remessas durante o ano). 

E, se preferir levantar os seus livros no Teatro da Politécnica, oferecemos-lhe 1 bilhete para qualquer espectáculo dos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica  desse ano.

Pode assinar
 aqui.
Mais informações:
 asimao@artistasunidos.pt 

A sair em 2022

JANEIRO
Nº 153 - Dimítris Dimitriádis - Obstrução e Outras peças
Nº 154 - Matías Feldman – Reflexos Breve Relato Dominical

MARÇO
Nº 155 - Ödön Von Horváth O Dia do Juizo / Para Cá e Para Lá
Nº 156 - Keiran Hurley Gary McNair - Taco a Taco (oferta assinantes)
Nº 157 - Tennessee Williams – Comboio Madrugada

MAIO
Nº 158 - André Murraças – Cabaret Reporter X
Nº 159 - Ricardo Neves-Neves – A Reconquista de Olivença
Nº 160 - Béla Pintér - Os nossos segredos / A rainha dos Bolos

... e haverá mais três por Setembro...



Jorge Silva Melo pelo Cineclube de Faro
Dezembro 2021


O Cineclube de Faro apresenta a obra documental que Jorge Silva Melo realizou sobre artistas seus contemporâneas, exibindo-a em vários espaços no Algarve.
Durante o mês de Dezembro, poderá assistir aos filmes: 


14 de Dezembro às 21h00 - A. PALOLO: VER O PENSAMENTO A CORRER + ANA VIEIRA: e o que não é visto, no Edifício de Artes Visuais, Campus da Penha-UALG, em Faro; 

18 de Dezembro às 18h00 - A ÁFRICA DE JOSÉ DE GUIMARÃES ÂNGELO DE SOUSA: TUDO O QUE SOU CAPAZ, no Estúdio Miguel Cheta, em Loulé; 
19 de Dezembro às 18h00 - BARTOLOMEU CID DOS SANTOS / POR TERRAS DEVASTADAS + A GRAVURA: ESTA MÚTUA APRENDIZAGEM, na Oficina Bartolomeu dos Santos, em Tavira. 

 

*as sessões serão condicionadas aos espaços e às medidas de confinamento actuais e futuras, pelo que solicitamos a reserva antecipada para cineclubefaro@gmail.com