terça-feira, 15 de março de 2016

Última semana de A NOITE DA DONA LUCIANA de Copi no Teatro da Politécnica. Só até sábado, 19 de Março. Hoje no S. Luiz podemos ver ÂNGELO DE SOUSA: TUDO O QUE SOU CAPAZ de Jorge Silva Melo, pelas 18.30. E José Gil estará connosco para falar. E daqui a dias, no sábado, 26 de Março, OS ACONTECIMENTOS de David Greig no Cine-Teatro Louletano.



A NOITE DA DONA LUCIANA de Copi Tradução Isabel Alves Com Custódia GallegoJosé Leite, Patrícia Andrade, Rafael Gomes, Rita Cruz e Vítor Oliveira Figurinos José António Tenente Luz Elduplo Música Sérgio Delgado Fotografias Alípio Padilha Designer Pedro Frois Meneses Vídeo Promocional Eduardo Breda Comunicação Mafalda Simões Assistência de encenação Catarina Rôlo Salgueiro Encenação Ricardo Neves-Neves Produção Teatro do Eléctrico M16
No Teatro da Politécnica de 24 de Fevereiro a 19 de Março
3ª e 4ª às 19h00 | 5ª e 6ª às 21h00 | Sáb. às 16h00 e às 21h00
 
MAQUINISTA Até que horas vamos ficar?
AUTOR Que horas são?
MAQUINISTA Três e vinte cinco da manhã.
ACTRIZ Via láctea: reboliço entre as vacas.

A Noite da Dona Luciana, Copi
 
A Noite da Dona Luciana (1985) é uma comédia irreverente e florida, ao estilo de Copi. Num teatro acontece um ensaio tardio, onde estão presentes o autor, a actriz e o maquinista. O ensaio é interrompido por uma velha stripper transexual, que se envolve num confronto com a Companhia, lançando o espectador numa espiral entre a verdade e o delírio, a paixão e o humor negro.

Fotografia © Alípio Padilha


Por ocasião da exposição Narrativa de uma Colecção – Arte Portuguesa na Colecção da Secretaria de Estado da Cultura (1960-1990), (actualmente no novo espaço do MNAC-MC na Rua Capelo), o São Luiz Teatro Municipal e o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado promovem uma mostra dos filmes realizados pelos Artistas Unidos sobre artistas cujas obras integram a colecção.
Continuamos o ciclo A PALAVRA AOS ARTISTAS com a projecção de Ângelo de Sousa: Tudo O Que Sou Capaz de Jorge Silva Melo, no dia 14 de Março, pelas 18h30, no São Luiz Teatro Municipal.
Ângelo de Sousa: Tudo O Que Sou Capaz Realização Jorge Silva Melo Com Nuno Faria e João Perry Assistência de realização Joana Frazão Imagem José Luís Carvalhosa SomArmanda Carvalho, Quintino Bastos Montagem Vítor Alves e Miguel AguiarProdução João MatosManuel João Aguas Uma Produção Artistas Unidos/ RTP
Um documentário sobre Ângelo de Sousa, pintor.
Ou antes um filme com Ângelo de Sousa, de tal forma estamos perto da sua colaboração? Um filme ao sabor de encontros espaçados no tempo (realizámos um primeiro encontro em Maio de 2007, a que se seguiram duas entrevistas em Setembro desse ano, duas em 10 de Maio de 2008, duas em Maio de 2009, filmámos a inauguração da exposição na Quadrado Azul em Novembro de 2009 - aproveitando apresentações públicas de obras., em que pretendemos captar a permanente fixação de um artista que insistiu na elementaridade dos meios, no abandono dos materiais nobres e dos processos complexos de criação.

Jorge Silva Melo 

Próxima sessão:
4 ABR
Segunda às 18h30
JOAQUIM BRAVO
Conversa com José Miranda Justo
Joaquim Bravo, Évora, 1935, Etc Etc Felicidades
 de Jorge Silva Melo
(2000, 60 min, a classificar pela CCE)
Pode consultar toda a programação aqui.


OS ACONTECIMENTOS de David Greig Tradução Pedro Marques Com Andreia BentoJoão Pedro MamedeMaria JorgeDiana Narciso, Maria Manuel, Nuno Lima Fonseca e o Coro Ossónoba de Faro Música John Browne Luz Pedro Domingos Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Apoio ao movimento Afonso Costa Direcção Musical Rui Rebelo Assistência de encenação Maria Jorge Produção Executiva Andreia Bento e Pedro Carraca Encenação António Simão Uma produção Artistas Unidos ApoioCreative Scotland M14
 
No Cine-Teatro Louletano, 26 de Março às 21h30
Reservas | 289 414 604



O RAPAZ 
A fé não é fácil, bem sabes. Os acontecimentos põem-nos à prova.

CLAIRE Posso dizer-te uma coisa em segredo?
 
A 22 de Julho de 2011, Anders Breivik matou 68 pessoas, a maioria adolescentes. David Greig escreveu Os Acontecimentos inspirado nestes acontecimentos. Até onde pode chegar o perdão?
Fotografias © Jorge Gonçalves


Sem comentários:

Publicar um comentário