segunda-feira, 16 de abril de 2018

Esta semana estaremos nas Caldas da Rainha com O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras. Sexta 20 e sábado 21 de Abril. E em breve temos FRÁGIL de David Greig no Sobral de Monte Agraço, a 28 de Abril. E na quinta-feira, 26 de Abril, estaremos na Casa da Cultura de Setúbal: GOMES LEAL por Manuel Wiborg e Jorge Silva Melo, EM VOZ ALTA.



O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras Tradução Luís Francisco Rebello Com Isabel Muñoz CardosoJoão Meireles e Pedro Carraca Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo M12
Nas Caldas da Rainha, no Teatro da Rainha de 20 a 21 de Abril, às 21h30
Reservas | 262 823 302

Quem foi esta mulher que assassinou a prima e dispersou os pedaços do cadáver pelo viadutos do caminho de ferro? A notícia tocou Marguerite Duras. E o facto de a criminosa nunca ter parado de fazer perguntas sobre o que fizera e porquê. "Quem é esta mulher?" chamou-se a primeira versão feita em Portugal deste texto seco, duro e frio.

O Interrogador Confessou ser a autora da morte da sua prima Marie-Thérèse Bousquet?
Claire É verdade.

Marguerite Duras, O Teatro da Amante Inglesa

Fotografia © Jorge Gonçalves


FRÁGIL de David Greig Tradução Pedro Marques Com Pedro Carraca Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo M12

No Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral, a 28 de Abril

Adoro ir ao centro. – Se alguma coisa me aborrece no sábado, no domingo ou na segunda – penso – não te preocupes – na terça vais ao centro.

David Greig, Os Acontecimentos
Fotografia © Jorge Gonçalves


EM VOZ ALTA 
os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos
 Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

Em Setúbal, na Casa da Cultura, 26 de Abril às 21h30 

GOMES LEAL por Manuel Wiborg Jorge Silva Melo

Fotografia © Jorge Gonçalves


segunda-feira, 9 de abril de 2018

Termina sábado O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras e DESENHOS COM COR de Daniel Fernandes. Até 14 de Abril. Já amanhã, terça 10, passa na Antena 2 UM TIRO NA CABEÇA de Pau Miró. E na sexta-feira, 13 de Abril, na Oficina Municipal do Teatro, em Coimbra, Lia Gama e Jorge Silva Melo lêem CAMILO PESSANHA. Já a 14 de Abril, sábado, na Casa Sommer em Cascais, Manuel Wiborg e Jorge Silva Melo lêem GOMES LEAL, EM VOZ ALTA.


O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras Tradução Luís Francisco Rebello Com Isabel Muñoz Cardoso, João Meireles e Pedro Carraca Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo M12

No Teatro da Politécnica de 7 de Março a 14 de Abril
3ª e 4ª às 19h00 | 5ª e 6ª às 21h00 | Sáb. às 16h00 e às 21h00
Reservas | 961960281 | 213916750 (dias úteis das 10h00 às 18h00)

Quem foi esta mulher que assassinou a prima e dispersou os pedaços do cadáver pelo viadutos do caminho de ferro? A notícia tocou Marguerite Duras. E o facto de a criminosa nunca ter parado de fazer perguntas sobre o que fizera e porquê. "Quem é esta mulher?" chamou-se a primeira versão feita em Portugal deste texto seco, duro e frio.

O Interrogador Confessou ser a autora da morte da sua prima Marie-Thérèse Bousquet?
Claire É verdade.

Marguerite Duras, O Teatro da Amante Inglesa


DESENHOS COM COR de Daniel Fernandes

No Teatro da Politécnica de 7 de Março a 14 de Abril
3ª a 6ª das 17h00 | Sáb. das 15h00 até ao final do espectáculo
APOIO Fundação Calouste Gulbenkian

Daniel Fernandes mostra trabalhos recentes, onde procedimentos exaustivos de sobreposição e rasura fazem deslocar os desenhos para um espaço partilhado com a pintura.


UM TIRO NA CABEÇA de Pau Miró

Com Andreia BentoVânia Rodrigues, Isabel Muñoz Cardoso e Pedro Carraca
Na Antena 2, Teatro Sem Fios a 10 de Abril às 19h00
Três mulheres. E a censura, pessoal ou pública. Uma jornalista incómoda que acaba de ser despedida. Uma vítima que só quer que o seu caso seja revelado. Um beco de onde ninguém pode sair. São os dias de hoje inventados por um dos mais atentos autores actuais, Pau Miró.

Fotografia 
© Jorge Gonçalves





EM VOZ ALTA 
os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

Em Coimbra, na Oficina Municipal do Teatro, 13 de Abril às 21h30 
CAMILO PESSANHA
 por Lia Gama e Jorge Silva Melo

Em Cascais, na Casa Sommer, 14 de Abril às 18h30GOMES LEAL por Manuel Wiborg e Jorge Silva Melo


Fotografia © Jorge Gonçalves

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Últimas semanas de O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras e de DESENHOS COM COR de Daniel Fernandes. Só até 14 de Abril. E hoje na Biblioteca da INCM Luís Lucas e Jorge Silva Melo lêem ADOLFO CASAIS MONTEIRO.


O TEATRO DA AMANTE INGLESA de Marguerite Duras Tradução Luís Francisco Rebello Com Isabel Muñoz CardosoJoão Meireles e Pedro Carraca Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo M12

No Teatro da Politécnica de 7 de Março a 14 de Abril
3ª e 4ª às 19h00 | 5ª e 6ª às 21h00 | Sáb. às 16h00 e às 21h00
Reservas | 961960281 | 213916750 (dias úteis das 10h00 às 18h00)

Quem foi esta mulher que assassinou a prima e dispersou os pedaços do cadáver pelo viadutos do caminho de ferro? A notícia tocou Marguerite Duras. E o facto de a criminosa nunca ter parado de fazer perguntas sobre o que fizera e porquê. "Quem é esta mulher?" chamou-se a primeira versão feita em Portugal deste texto seco, duro e frio.

O Interrogador Confessou ser a autora da morte da sua prima Marie-Thérèse Bousquet?
Claire É verdade.

Marguerite Duras, O Teatro da Amante Inglesa

Fotografia © Jorge Gonçalves


DESENHOS COM COR de Daniel Fernandes

No Teatro da Politécnica de 7 de Março a 14 de Abril
3ª a 6ª das 17h00 | Sáb. das 15h00 até ao final do espectáculo
APOIO Fundação Calouste Gulbenkian

Daniel Fernandes mostra trabalhos recentes, onde procedimentos exaustivos de sobreposição e rasura fazem deslocar os desenhos para um espaço partilhado com a pintura.


EM VOZ ALTA
os nossos poetas
leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos
Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

Na Biblioteca da INCM, 2 de Abril às 18h30
ADOLFO CASAIS MONTEIRO por Luís Lucas e Jorge Silva Melo

P
róxima sessão:
Em Cascais, na Casa Sommer, 13 de Abril às 21h30 

CAMILO PESSANHA
 por Lia Gama Jorge Silva Melo

Fotografia © Jorge Gonçalves