segunda-feira, 7 de julho de 2014

E ensaiamos GATA EM TELHADO DE ZINCO QUENTE, co-produção com Teatro Viriato, CCB e TNSJ. Estreamos em Setembro em Viseu e logo a seguir estaremos uns dias em Lisboa (no CCB). E vamos a vários teatros por aí (lista actual), para terminarmos no Porto em Fevereiro de 2015.

GATA EM TELHADO DE ZINCO QUENTE de Tennessee Williams

Tradução
 Helena Briga Nogueira Com Catarina Wallenstein, Rúben GomesAmérico Silva, Isabel Muñoz Cardoso, João MeirelesJoão Vaz, Tiago Matias, Vânia Rodrigues, Rafael Barreto e as estagiárias da ESTC Inês Laranjeira e Margarida Correia Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Construção Thomas Kahrel Luz Pedro Domingos Som André Pires Fotografia Jorge Gonçalves Assistência Leonor Carpinteiro Produção Executiva João Meireles Encenação Jorge Silva Melo Uma Produção Artistas Unidos/ Teatro Viriato / Fundação Centro Cultural de Belém / Teatro Nacional S. João, com o apoio do Centro Cultural do Cartaxo M16

No Teatro Viriato a 19 e 20 de Setembro às 21h30
No Centro Cultural de Belém de 25 a 30 de Setembro
De 5ª a Sáb às 21h00 | Dom às 16h00 | De 2ª a 3ª às 21h

No Cartaxo, Centro Cultural do Cartaxo, ensaio aberto a 11 de Setembro
Em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva a 9 de Outubro
Em Torres Novas, no Teatro Virgínia a 11 de Outubro
Em Aveiro, no Teatro Aveirense, a 18 de Outubro
Em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente a 23 de Outubro
Em Ovar, no Centro de Arte de Ovar a 25 de Outubro
Na Guarda, no Teatro Municipal da Guarda a 8 de Novembro
Em Bragança, no Teatro Municipal de Bragança, a 20 de Novembro
Em Guimarães, no Centro Cultural Vila Flor a 28 de Novembro
No Porto, no Teatro Nacional S. João, de 5 a 22 de Fevereiro de 2015

PAPÁ POLLITT
 (devagar e num tom violento): MALDITOS SEJAM TODOS OS MENTIROSOS E MENTIROSAS! FILHOS DA PUTA (...) Sim, todos mentirosos, todos mentirosos, todos mentirosos, moribundos mentirosos. (...) Mentirosos, moribundos, mentirosos!

Tennessee Williams, Gata em Telhado de Zinco Quente

Um casamento destruído, a ausência de filhos, mistérios e mentiras. Heranças, valores, filhos, sexo. E a doença, a morte. O que é a propriedade privada?

O texto está editado em UM ELÉCTRICO CHAMADO DESEJO E OUTRAS PEÇAS de Tennessee Williams (Relógio d'Água).

Fotografias
 ©
Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Publicar um comentário