segunda-feira, 2 de setembro de 2013

E o TEATRO DA POLITÉCNICA reabre na 4ª feira, 4 de Setembro, com SALA VIP, o texto que Jorge Silva Melo escreveu para ser dirigido por Pedro Gil e com uma exposição de desenhos, FICAR DE PÉ, desenhos de Daniel Fernandes, Rafael Faria, João Gabriel Pereira, Catarina Lopes Vicente.

SALA VIP de Jorge Silva Melo 

Com Andreia BentoMaria João FalcãoElmano SanchoAntónio Simão e João Pedro MamedeCenografia e Figurinos Rita Lopes Alves assistida por Ângela Rocha Construção Thomas KahrelMúsico João Aboim Fotografias Jorge Gonçalves Luz Pedro Domingos assistido por João Chicó Assistente de Encenação João Delgado Encenação Pedro Gil Uma produção Pedro Gil/Artistas Unidos/Culturgest M16

No Teatro da Politécnica de 4 de Setembro a 19 de Outubro3ª e 4ª às 19h00 | 5ª e 6ª às 21h00 | sáb às 16h00 e às 21h00
RESERVAS | 961960281 | 213916750 (dias úteis 10h às 18h)

Gente que espera, gente que já morreu? São quem? Personagens do mundo lírico, Leonoras, Huskymiller, Azucenas? Esperam - desesperam. Já tudo acabou?
Huskymiller/Dr. House Não funcionam os rinsnem o baço – não funcionamos pulmões.
Leonora Respiração assistida?
Açucena E a visícula, o apêndice?O estômago, a laringe?O diafragma, os intestinos.
Leonora Funciona alguma coisa?
Huskymiller/Dr. House Nem o cérebro.Não responde.
Karsenty JrNão funciona o coração?
Huskymiller/Dr. House Não.

Jorge Silva Melo, Sala VIP
FICAR DE PÉ desenhos de DANIEL FERNANDES, RAFAEL FARIA, JOÃO GABRIEL PEREIRA, CATARINA LOPES VICENTE

Inauguração na 4ª 4 de Setembro às 21h00
No Teatro da Politécnica de 4 de Setembro a 19 de Outubro

Quatro estudantes da ESAD (Caldas da Rainha), quatro alunos a quem, em 2011, foram dados 20 valores em desenho, os novos Quatro Vintes deste século? Uma primeira exposição de quarto artistas a começar.
Observava Simone Weil, "A atenção está ligada ao desejo. Não à vontade, mas ao desejo. Ou, mais exactamente, ao consentimento." 2. É a natureza desta atenção que poderá transparecer das escolhas destes quatro jovens autores em potência. Abrir uma oportunidade de expor o seu trabalho e o seu ponto de vista, em formação, é perscrutar novos devires.

Philip Cabau e Samuel Rama e Samuel Rama

Sem comentários:

Publicar um comentário