segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Esta semana estamos em Setúbal (na FESTA DO TEATRO) com dois espectáculos. UM PRECIPÍCIO NO MAR de Simon Stephens (4ª, 28 na Casa da Cultura) e A ESTALAJADEIRA de Goldoni (no Fórum Luísa Todi). Para a semana abrimos o TEATRO DA POLITÉCNICA.

UM PRECIPÍCIO NO MAR de Simon Stephens 
 

Tradução Hélia Correia Com João Meireles Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Fotografia Jorge Gonçalves Encenação Jorge Silva Melo M12

Na Festa de Teatro (Setúbal), 4ª28 de Agosto

Lá porque não sabemos, não quer dizer que não venhamos a saber. Nós só não sabemos por agora. Mas acho que um dia saberemos. Acho que sim. 
Monólogo perfeito de quarenta e poucos minutos, parece a história trivial de um jovem amor, da paternidade e da família, mas com a ratoeira de uma tragédia sem sentido. Pode ser Deus responsável pela beleza da vida e também pela crueldade inexplicável?

Jorge Silva Melo
A ESTALAJADEIRA de Carlo Goldoni 

Tradução 
Jorge Silva Melo Com Américo Silva, António Simão, Catarina Wallenstein, Elmano Sancho,Rúben Gomes, Maria João Falcão, Maria João Pinho, João Delgado, Tiago NogueiraCenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Fotografias Jorge Gonçalves Luz Pedro DomingosAssistência Leonor Carpinteiro e João Delgado Encenação Jorge Silva Melo Co-produção AU/ TNSJ/ Centro Cultural de Belém com o apoio do Centro Cultural do Cartaxo M12

Na Festa de Teatro (Setúbal), 5ª 29 Agosto

 

E vós, senhores, aproveitai de tudo o que vistes para vantagem e segurança dos vossos corações. E se alguma vez estiverdes numa ocasião de duvidar, quase a ceder, pensai nos artifícios que vistes. E lembrai-vos da Estalajadeira!

Carlo Goldoni, A Estajaladeira

O texto está publicado no Teatro Escolhido de Carlo Goldoni nos Livros Cotovia.

Sem comentários:

Publicar um comentário