sexta-feira, 22 de setembro de 2017

JOGADORES de Pau Miró (o filme!) passa na RTP2 amanhã, sábado, 23, pelas 22h.


JOGADORES de Pau Miró Tradução Joana Frazão Com Américo Silva, António Simão, João Meireles e Pedro Carraca Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Fotografia José Luís Carvalhosa Assistente de imagem Lisa Persson Som Armanda Carvalho Assistente de som Miguel Gaspar, Bernardo Theriaga e Tomé Palmeirim Montagem Miguel Aguiar e Eduardo Breda Misturas Nuno Carvalho Construções Thomas Karhel Assistente de plateau João Delgado Produção Pedro Carraca Realização Jorge Silva Melo e Miguel Aguiar Produção Artistas Unidos/RTP

Na RTP2, 23 de Setembro às 22h00

Numa casa antiga, ao redor de uma mesa, debaixo de uma lâmpada, quatro homens jogam uma partida de cartas. Esta casa é um refúgio onde se aceitam todos os fracassos, onde todos são permitidos. O fracasso é a regra, não a excepção. O dinheiro desapareceu, assim como desapareceu qualquer possibilidade de sucesso pessoal. Ao ponto de bater no fundo, as quatro personagens decidem arriscar. O jogo torna-se perigoso.

É como se estas personagens se tivessem esquecido do texto e estivessem à espera que voltasse. Perderam o pulsar do mundo, e só têm uma maneira de o recuperar, talvez demasiado arriscada, seguramente demasiado perigosa. E louca. E também desesperada. Ao fim e ao cabo, no entanto, a única maneira.

Pau Miró

Personagens sem esperança, à deriva, sem trabalho, perdidos num mundo que já não é o seu, aparentemente "normais" mas com um fundo de mistério e turbulência que vão mostrando pouco a pouco. Jogadores trata dos páramos da meia-idade e do vício do risco, do colocar-se em perigo: a vertigem como forma de escape de uma realidade opaca.

Marcos Ordóñez

Fotografia © Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Publicar um comentário